quarta-feira, 9 de maio de 2012

Tabela Periódica: Introdução.

Um dos objetos mais conhecidos e lembrados quando se estuda química é a Tabela Periódica. Proposta por Dimitri Mendeleiev em 1869 com o objetivo de reunir os elementos químicos conhecidos até então e agrupá-los de acordo com semelhanças suas em sua propriedades.


Com diferentes formatações e quantidades de elementos, a Tabela Periódica é fonte de consulta preciosa tanto para iniciantes quanto para professores que, por ventura, se esqueceram de algum detalhe. Existem até, propostas por novos formatos como abaixo:



A verdade é que não importa a disposição dos elementos, uma vez que eles se encontram em ordem crescente de número atômico, diferente da tabela original. Nesta Mendeleiev (foto abaixo) trabalhou com a ordem crescente das massas dos elementos, uma vez que o número atômico não era uma propriedade conhecida.


Bem, vamos ao que interessa. Os elementos químicos conhecidos, de números atômicos 1 a 112 estão dispostos em 18 colunas, grupos ou famílias (verticais) e 7 períodos (horizontais). Nela, os elementos, que estão divididos em metais em ametais, se encontram agrupados de acordo com uma íntima relação com as distribuições eletrônicas de seus respectivos átomos.


Como a associação à distribuição eletrônica é inevitável, vale lembrar que os elementos representativos são assim chamados pelo fato de seus átomos apresentarem distribuições terminadas nas últimas camadas, ao passo que os de transição externa e interna, as distribuições terminam nas penúltimas e antepenúltimas camadas.


Apesar de termos 18 grupos, apenas cinco deles recebem nomes próprios, devido a suas propriedades. Os metais alcalinos são assim chamados por formarem bases (álcalis), mas os terrosos são pouco solúveis. Os calcogênios são os formadores de cal, nome antigo dado aos minérios. Os halogênios são os formadores de sais e os gases nobres são assim chamados por seus átomos não se combinarem com outros átomos.

Destacam-se também as duas linhas horizontais à parte da tabela, são as séries dos lantanídeos e actinídeos, devido aos elementos Lantânio e Actínio, respectivamente.

Veja neste link muitas curiosidades sobre a tabela e seus elementos.

Na próxima postagem, falarei sobre como relacionar a posição de um elemento na tabela periódica com a distribuição eletrônica de seus respectivos átomos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Devido a brincadeiras de mal gosto e comentários trolls, os comentários serão moderados a partir de agora. Agradeço a compreensão.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...