quinta-feira, 25 de julho de 2013

Libertadores do Galo

O Clube Atlético Mineiro está de Parabéns, conquistou na noite desta quarta-feira a primeira libertadores de sua história. A terceira do estado de Minas Gerais e a décima sétima de um clube brasileiro. O Galo é o décimo clube brasileiro a alcançar tal feito.

Pela primeira vez o Brasil emplaca quatro campões consecutivos, igualando os feitos de Racing (1967) somado ao Estudiantes (1968 a 1970) e do Independiente (1972 a 1975). Jamais um país teve cinco campeões consecutivos.

Agora o mapa da Libertadores ficou assim:


Entre os grandes clubes brasileiros, a zoeira dos torcedores recai sobre os dois que ainda não conquistaram este torneio continental: Fluminense e Botafogo.


Nas estatísticas, o galo mineiro só confirmou a ampla superioridade brasileira que se estabelece desde 1992. De lá para cá, Vinte e duas libertadores foram disputadas, com 12 conquistas brasileiras, 7 argentinas e três outras de Paraguai, Colômbia e Equador.

Como se isso não bastasse, dezenove dessas edições contaram com um clube brasileiro, no mínimo, na final. Já é a nona final consecutiva com participação brasileira. Com um detalhe, em todas estas nove, o segundo jogo ocorreu em nosso solo.

Esticando um pouco este momento PVC, é a primeira vez, desde 1996, que a equipe de melhor campanha na primeira fase se sagra campeã. Naquela situação, o River Plate foi o campeão e a campanha na primeira fase não influenciava a ordem dos confrontos no mata-mata.

Bom, é isso aí. A hegemonia brasileira no continente parece que durará e muito...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Devido a brincadeiras de mal gosto e comentários trolls, os comentários serão moderados a partir de agora. Agradeço a compreensão.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...