sábado, 16 de junho de 2012

Música de Hoje...


A pampa é pop 
O país é pobre 
É pobre a pampa 
(o PIB é pouco) 
O povo pena mas não pára 
(poesia é um porre)

O poder 
O pudor 
VÁRIAS VARIÁVEIS 
O pão 
O peão 
GRANA, ENGRENAGENS 
A pátria 
À flor da pele 
Pede passagem...PQP

O sonho é popular 
Eu li isso em algum lugar 
Se não me engano é Ferreira Gullar 
Falando da arquitetura de um Oscar

O concreto paira no ar 
Mais aqui do que em Chandigarh 
O sonho é popular

UMA PÁGINA ARRANCADA 
UM SEGREDO MANTIDO 
EM PASSAGENS SUBTERRÂNEAS 
SOB A PRAÇA DA MATRIZ 
UMA STÓRIA MAL CONTADA 
UMA MENTIRA REPETIDA 
ATÉ VIRAR VERDADE 
(UMA PÁGINA VIRADA) 
UMA PÁGINA SUBTERRÂNEA 
UM SEGREDO ARRANCADO 
EM PASSAGENS MAL CONTADAS 
ATÉ VIRAR VERDADE 
A VERDADE A VER NAVIOS 
UMA MENTIRA REPETIDA 
...REPETIDA, REPETIDA

Um golpe em 61
Um golpe qualquer
Num lugar comum


_____________

Música do caralho. Simples e direta. Falando de como o sistema fode a vida das pessoas a ponte de poesia ser um porre. Claro, quem vai se interessar por poesia sem ter o que comer ou onde dormir.

Chama a atenção o lance de dois textos paralelos no trecho final. A letras maiúsculas são para a segunda voz.

Há até espaço para os códigos e viagens típicas do Gessinger. Mas é disso de que são feitas as músicas também. De viagens.

Engenheiros do Hawaii, isso já foi muito bom.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Devido a brincadeiras de mal gosto e comentários trolls, os comentários serão moderados a partir de agora. Agradeço a compreensão.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...