terça-feira, 29 de maio de 2012

Ácidos Carboxílicos: Nomenclatura e Classificações.

O grupo dos ácidos carboxílicos constitui um ponto chave no estudo dos compostos orgânicos, justamente por se tratar de um tipo de substância com muitas outras dela derivadas.

Focando apenas nos ácidos carboxílicos neste momento, partimos do seu grupo funcional, conhecido por grupo carboxila:


Para ser ácido carboxílico, união de hidroxila com carbonila, é necessário que a quarta ligação do átomo de carbono seja com outro carbono ou com hidrogênio. Fica o lembrete de que é um grupo funcional de extremidade de cadeia, pelo fato de três das quatro ligações do carbono já se encontrarem "ocupadas".


Sua nomenclatura tem uma semelhança com a de ácidos inorgânicos. Utiliza-se a palavra "Ácido" seguida do nome da cadeia, seja ele normal ou ramificada, sucedida pela terminação "ico". Veja os exemplos com nomes IUPAC seguidos dos usuais:

¬ Ácido metanoico ou fórmico


O menor ácido carboxílico que existe, encontrado em grande quantidade em formigas e cupins, assim como em tamanduás em fase adulta, uma vez que é o habitual predador deles.


¬ Ácido etanoico ou acético


Do grego "acetum" que significa azedo, é o principal componente do vinagre.

¬ Ácido propanoico ou propiônico


É comum a presença dele na quebra de moléculas de gordura, por isso o nome pro (primeiro) e pion (graxo ou gordura), ambos do grego.

¬ Ácido butanoico ou butírico


Vem da denominação grega para a manteiga rançosa.


¬ Ácido pentanoico ou valérico


Encontrado na planta valeriana.


¬ Ácido hexanoico ou caprílico


Vem do latim, no qual "caper" significa cabra. Animal no qual encontramos este ácido comumente.

¬ Ácido benzóico


Ácido de cadeia aromática e de nome atribuído à sua extração do benjoeiro (Styrax Benzoin).


Como você pode observar, os ácidos carboxílicos de menor cadeia apresentam nomes usuais utilizados mais até que os da nomenclatura IUPAC, fato que torna mais difícil ainda a lembrança deles todos. Atenção e cuidado com as pegadinhas nessas horas é fundamental. Vejam o ácido ascórbico ou vitamina C.


Onde está o grupo funcional? Pois é, não tem mas se comporta como ácido. Por isso atenção é importante.

Dúvidas e/ou sugestões são bem vindas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Devido a brincadeiras de mal gosto e comentários trolls, os comentários serão moderados a partir de agora. Agradeço a compreensão.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...