quinta-feira, 1 de setembro de 2011

Sobre Religião.

O texto abaixo tratará de religião. Se não gosta que falem mal da sua, siga adiante e não leia.





























Segue abaixo um vídeo de Bill Maher quando questionado por falar "mal" de religião, quem o questiona alega que a religião não faz mal algum.


Então, se sentiu ofendido? Só lamento. Não tenho culpa da história ser dessa forma.

Se acha que assuntos religiosos são importantes demais para se questionar e debater, é uma pena, a verdade é mais importante ainda. E tomo por verdade aquilo que é tido como evento passível de reprodução por qualquer um com inteligência suficiente para se sujeitar a um treinamento científico e realizar experimentos. Não apenas pessoas com dons especiais recebendo mensagens divinas e outras coisas do gênero.

Se acha que não tenho deus no coração por fazer isso, é verdade. Eu não tenho.

Quem tem deus no coração é a maior parte da população carcerária do Brasil. Ou a maioria dos políticos em Brasília ou qualquer outro lugar, principalmente aqueles que entopem repartições públicas com imagens religiosas de apenas uma religião em específico.

Quem tem deus no coração é o homem bomba que se mata em nome da fé dele.

Quem tem deus no coração é um padre pedófilo acobertado pela "santa igreja" católica, de dia abusa de criança e de noite reza em penitência por seus pecados.

Quem tem deus no coração é a "tia" que ajuda a paróquia local e rouba dinheiro do dízimo.

Não acredita nesta última, veja abaixo.


Realmente, eu prefiro não ter deus no coração. Prefiro não ter religião. Prefiro não ter pecados a cometer e rezar para anulá-los e cometê-los novamente em seguida.

4 comentários:

  1. Prefiro ter opinião própria e não uma imposta pra ser facilmente manipulada! Muuito bom Paulo, como sempre! =)

    aninha

    ResponderExcluir
  2. Ué, de acordo com seu argumento, é só impor o ateímo a todos e acabam-se os problemas!!! A criminalidade, a pedofilia, a robalheira!!! A causa do blog é nobre... mas vc é muito simplista!!! Um químico falando de questões da humanas... falta aí uma boa carga de estudo histórico, sociológico, antropológico e tudo mais... me interesso pelo tema, mas os seus argumentos são a antítese (e pedantes tanto quanto) os dos religiosos!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aí está o seu engano. De acordo com meu argumento, religião não define o caráter de um ser humano. Não disse em parte alguma que devemos acabar com todas as religiões, embora eu admito que gosto ideia. Sobre a minha formação, a razão está nos meus argumentos, não nos meus diplomas. Se falta uma boa carga de estudo em alguma área, mostre o que falta e não apenas fale que falta. Sem provas, suas afirmações são palavras vazias de sentido.

      Excluir

Devido a brincadeiras de mal gosto e comentários trolls, os comentários serão moderados a partir de agora. Agradeço a compreensão.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...